Palácio dos Marqueses de Viana

Palácio dos Marqueses de Viana

O Palácio de Viana foi declarado Monumento Histórico Artístico Nacional em 1981 graças aos seus cinco séculos de história e à sua incrível coleção de pátios. Descubra o que ver no palácio mais famoso de Córdoba.

Em pleno bairro de Santa Marina está um dos edifícios mais interessantes da cidade dos califas e um dos monumentos mais visitados: o Palácio de Viana. Com mais de 6.500 metros quadrados, a maioria dedicados a pátios, jardins e espaços abertos, essa luxuosa residência é um reflexo da história de Córdoba e da ostentação de sua nobreza.

História

A história do Palácio de Viana remete ao século XIV, quando era conhecido como o Palácio de las Rejas de Don Gome, em homenagem ao seu primeiro proprietário. Acredita-se que a fachada principal foi criada por Juan de Ochoa no século XVI e que nos anos posteriores foram feitas diversas ampliações no palácio, dando lugar à planta irregular que apresenta hoje em dia.

Além disso, graças aos restos arqueológicos encontrados em escavações recentes, acredita-se que o palácio foi uma construção romana.

Ao longo de seus cinco séculos de história, o palácio passou pelas mãos de 18 famílias nobres. Entre seus proprietários mais destacados estão os Marqueses de Villaseca e os Marqueses de Viana, que viveram ali até que, em 1980, Sofía Amelia, viúva do terceiro marquês de Viana, vendeu a propriedade ao banco Cajasur, proprietário atual do Palácio de Viana

As estâncias palacianas

O Palácio de Viana possui dois andares que se conectam graças a uma suntuosa escada principal. No térreo estão os salões dedicados à recepção de convidados e às cocheiras, enquanto no andar superior estão os dormitórios e escritórios da família Viana e diversas galerias dedicadas a diferentes estilos de are.

Entre as coleções de grande valor que o Palácio de Viana abriga, cabe destacar a coleção de tapetes de parede flamencos, porcelanas e móveis do século XVII. Na ala oriental do primeiro andar está a biblioteca, um autêntico tesouro com mais de 6.000 volumes históricos de grande valor.

Além disso, os marqueses de Viana também guardaram uma grande quantidade de armas de fogo da época, uma coleção de azulejos e várias obras de Goya, expostas em uma sala do primeiro andar. Um autêntico museu!

Os pátios do Palácio de Viana

A maior atração do Palácio de Viana são seus doze pátios, que formam a coleção de pátios mais importantes da cidade. Esses espaços ao ar livre reúnem a essência da arquitetura romana e árabe tão característica de Córdoba.

Os dozes pátios estão unidos por galerias e abrigam uma grande variedade de plantas aromáticas, árvores cítricas e fontes. Visitar os pátios do Palácio de Viana é uma oportunidade perfeita para conhecer a importância da vegetação e da água nas casas medievais de Córdoba.

Além disso, graças à grande variedade de pátios é possível conhecer vários estilos artísticos. O Pátio das Colunas, o Pátio da Capela, o Pátio da Piscina ou o Pátio das Laranjeiras são alguns exemplos dessas joias que abriga o Palácio de Viana.

Outra das partes mais chamativas do Palácio de Viana é o jardim, o maior espaço aberto do palácio. Em seus mais de 1.200 metros quadrados é possível ver roseiras, palmeiras e uma azinheira centenária.

Visita guiada

Se você quiser conhecer mais a fundo esse complexo palaciano, você poderá reservar nossa visita guiada pelo Palácio de Viana e seus pátios por apenas 18€, assim você terá uma visão de como era a vida no palácio mais famoso de Córdoba.

Horário

De setembro a junho:
De terça a sábado: das 10:00 às 19:00 horas.
Domingos e feriados: das 10:00 às 15:00 horas.
De julho a agosto:
De terça a domingo: das 9:00 às 15:00 horas.
Sextas e sábados: das 9:00 às 15:00 horas.

Preço

Visita completa: 8€:
Visita aos pátios: 5€.
Menores de 10 anos: entrada gratuita.
Quarta-feira das 14:00 às 17:00 horas: entrada gratuita aos pátios.

Visita ao Palácio de Viana e seus pátios €18

Transporte

Ônibus: linhas 2, 4 e 6.