Museu Taurino de Córdoba

Museu Taurino de Córdoba

A história de Córdoba não poderia ser entendida sem a relevância histórica das touradas, que viu nascer grandes mestres nessa cidade. Conheça o preço, os horários e o que esperar do Museu Taurino de Córdoba.

História

Em 1948, Córdoba abrigou uma exposição de arte taurina que cativou os amantes das touradas e despertou grande interesse nos habitantes da cidade. Pouco depois, uma segunda exposição dedicada ao toureiro Machaquito seguiu o mesmo caminho e foi um sucesso total.

Por conta desses dois eventos, o prefeito de Córdoba decidiu dedicar um museu à tradição taurina de Córdoba. No entanto, o resultado foi um museu dedicado às artes da província, como o flamenco, o couro cordovão ou a ourivesaria tradicional.

Foi apenas em 2014 quando o Museu Taurino de Córdoba abriu suas portas ao público oferecendo um espaço dedicado exclusivamente às touradas e tudo que rodeia essa tradição. O lugar escolhido foi a “Casa das Bulas”, um edifício de estilo mudéjar do século XVI.

A coleção

O Museu Taurino de Córdoba é um dos mais importantes da Espanha no seu gênero. Conta com sete salas que percorrem a história das touradas na cidade. Para conhecer melhor esse animal, o museu dedica uma sala à tradição ganadeira de touros em Córdoba, o que permite ao visitante conhecer as diferenças entre a criação do touro bravo, do touro de lida, etc.

O museu também expõe peças e objetos originais dos melhores toureiros de Córdoba: Lagartijo, Manolete, Guerrita, Machaquito e El Cordobés. Na sala dedicada a esses cinco califas do mundo taurino há trajes de luzes, capotes, retratos e painéis explicativos de sua trajetória profissional.

Além disso, no Museu Taurino de Córdoba é possível ver um documento audiovisual sobre a relação do toureiro e touro no momento da lida. Como curiosidade, o museu expõe imagens de touradas em Portugal e na América do Sul.

Córdoba taurina

A tradição taurina está ligada à história de Córdoba desde tempos imemoriais. A cidade está cheia de marcas e referências às touradas, como os criadouros de touros, tabernas, lojas especializadas e a famosa Plaza de la Corredera, que serviu como praça de touros no século XVII.

Durante o iluminismo, o Papa Pio VI proibiu as touradas em Córdoba. Poucos anos depois, a cidade as recuperou e sua fama taurina não parou de crescer. Foi a época de grandes toureiros, como Serranito de Córdoba, Antonio Flores e Dámaso Rodríguez.

No museu também se pode recriar o ambiente de uma tourada da época, com a figura do presidente, a banca de música e o público torcendo.

Horário

Inverno
De terça a sexta, das 8:30 às 20:45 horas.
Sábados, das 8:30 às 16:30 horas.
Domingos e feriados, das 8:30 às 14:30 horas.
Segunda: fechado.
Verão
De terça a sábado, das 8:30 às 15:00 horas.
Domingos e feriados, das 8:30 às 14:30 horas.
Segunda: fechado.

Preço

Entrada geral: 4€
Estudantes: 2€
Menores de 13 anos: entrada gratuita.

Transporte

Ônibus: linhas 2, 3, 5, 6, 7, 9 e 16.